Design de Autor vs Design !?

A reflexion about “Design” and “Author Design”.

Arquivo de Maio, 2008

E agora?

O objectivo principal da criação deste blogue, foi para promover um espaço reflexivo sobre uma temática imposta por mim mesmo. Contudo, entreguei hoje a mini-mini-mini tese sobre o tema, e agora?

Agora, só terei uma de duas hipóteses. Ou transformo este blogue, num espaço pessoal e reflexivo sobre design e sobre aquilo que me convier. Ou então encerro-o para todo o sempre, cravando uma cruz na sua sepultura.

Como a segunda hipótese parece muito massacrante e como gostei da experiência de partilhar pensamentos (apesar de só ter tido o feedback do Pedro Amado, e por isso te agradeço), possivelmente irei converger este blog, num espaço pessoal. terei portanto de mudar o nome, para algo mais ambíguo como “Ressabiator” ou o futuro “Mocamfe”.

Bom, por isso, irei brevemente mudar o nome a este espaço (se é que isso é possível) ou então postar um endereço para o novo blogue que criar. Por isso, ouviram novas noticias da minha parte.

Em relação à mini mini mini tese, deixarei transcrita abaixo.

Leia o resto deste artigo »

Não será o Design de Autor um pouco como o Design em Portugal?

Não será o Design de Autor um pouco como o Design em Portugal?

E tal como a legenda nos sugere: “Portugalia is a regional airline of Portugal based in Lisbon.”

(fonte retirado do blog de Mark Kaufman e que por sua vez é retirado do blog Design Observer)

Por vezes tal legendagem leva-nos a pensar um pouco no “Zé Povinho” que por vezes Portugal (e todos nós um pouco) é (somos). Onde grande parte das acções e grandes eventos se centram em Lisboa (sejam, financeiros, culturais ou de outra ordem). Porque um centralismo tão grande e um pensamento por vezes rude e medíocre como “temos” muitas vezes?

Não se co-relacionará o Design d’Autor um pouco com isto?

Não quero ofender ninguém, contudo e continuando com a ideia do Designer Autorista, não tem um centralismo demasiado vincado em si mesmo impreterivelmente do pedido do cliente?

Leia o resto deste artigo »